Notícia

Secretário Fábio Novo anuncia restauração de patrimônios históricos durante viagem pelo Piauí

Em viagem à região do Centro-Sul do Piauí, o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, anunciou uma série de obras e restaurações que serão realizadas em vários municípios. Em Picos, o secretário aproveitou para visitar as obras de construção do Teatro da cidade. “As obras já foram iniciadas. Nossa intenção é inaugurar o primeiro teatro de Picos no próximo ano. Assim, a cidade poderá fazer parte do circuito cultural e receber projetos, a exemplo do Seis e Meia, que já acontece na capital e em mais seis municípios piauienses”, afirma Fábio Novo.

60beeabe-665f-40a8-8b5d-aec33ee1314c

Museu Ozildo Albano, em Picos

Ainda em Picos, o secretário visitou o Museu Ozildo Albano e anunciou a ampliação do espaço, que vai ganhar salas para realização de exposições e um auditório. O museu faz parte das casas mantidas pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Cultura – Secult. Na cidade de Campinas do Piauí, o secretário visitou o casarão que sediou a primeira fábrica de laticínios do Norte/Nordeste.

df5bad02-8995-4035-9be2-3cb6b32d71e9

Sede da antiga fábrica de laticínios, em Campinas do Piauí

O imóvel, de 1897, faz parte do patrimônio histórico do Estado e já sediou uma escola e um centro social. “O projeto para revitalização do local para o bem da memória e história ficou pronto e agora será encaminhado para avaliação e aprovação do Iphan. A recuperação da antiga fábrica de laticínios é uma das prioridades da nova gestão da Secult”, diz Novo. Em passagem por Santo Inácio do Piauí, o secretário também garantiu a restauração das imagens de Santo Inácio, Nossa Senhora da Conceição e do Cristo crucificado, relíquias do século XVIII, que foram trazidas pelos padres jesuítas de Portugal. As imagens serão levadas para a Oficina de Restauração, que funciona na sede da Secult.

f91486fa-4553-4076-9a0a-67985e3c8364

Igreja de Nossa Senhora das Mercês, em Jaicós

No município de Jaicós, Fábio Novo visitou a Igreja de Nossa Senhora das Mercês, construída pelos jesuítas, com a ajuda de escravos, em 1837. O templo abriga a imagem tricentenária de Nossa Senhora das Mercês, procedente de Belém. “Os traços barrocos, o galo na sua torre e muitos outros fatos levaram ao tombamento da igreja mercedária mais antiga do Piauí. Nos próximos dias iniciaremos a recuperação do teto, portas, janelas e pintura da Igreja das Mercês”, finaliza o secretário de Cultura, Fábio Novo.

Gabinete: Avenida Marechal Castelo Branco, nº 201 - bairro Cabral - Teresina-Piauí
Telefone: (86) 3133-3169
marca rodape
© Todos os direitos reservados Fábio Novo 2014