Notícia

Filme sobre Torquato Neto será levado para escolas do Estado, anuncia Fábio Novo

O documentário “Torquato Neto – Todas as horas do fim”, que reproduz na tela a trajetória e a obra do poeta piauiense, será levado para escolas e casas de cultura do Estado. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, durante o lançamento, nessa segunda-feira (11), no Theatro 4 de Setembro.

“Desde o primeiro momento acreditamos na importância em apoiar esse projeto. Compreendemos que o Piauí tem uma dívida com este grande ícone da nossa cultura. Nessa semana o documentário já ganhou o prêmio de melhor filme no Festival do Arquivo Nacional, competindo com 77 filmes nacionais e internacionais. Estamos felizes em poder ajudar no resgate dessa história. O Piauí precisa conhecer mais a obra de Torquato”, destaca Fábio Novo. Ele falou ainda da importância em levar o filme para escolas e casas de cultura do Piauí. “Em breve teremos a oportunidade de popularizar esse trabalho”, completa.

Para um dos diretores do filme, Eduardo Ades, o documentário também é uma declaração de amor à Teresina, terra natal de Torquato. “Essa relação com a cidade está marcada em toda a sua obra. É muito especial poder trazer o filme pra cá. Esse projeto começou com o impulso de jogar luz sobre Torquato, tornando-o protagonista dessa história tão importante para Teresina e para o Brasil”, diz.

O produtor e pesquisador cultural, Marcus Fernando, que também está na direção do filme, fala um pouco do processo de construção do longa-metragem e ainda do apoio da família de Torquato no trabalho de pesquisa. “Ana, a viúva de Torquato, nos deu total liberdade pra fazer o filme. Thiago, o filho de Torquato, virou um amigo. O acesso ao acervo do George Mendes, primo de Torquato, foi essencial para este trabalho. O filme já soma 15 exibições e nove prêmios”, afirma.

No lançamento, George Mendes, o primo de Torquato que cuida do acervo do artista, falou emocionado, lendo uma carta – de agradecimento – que seria escrita por Torquato Neto. “Este é um filme honesto com minha trajetória e com as relações que estabeleci. É fiel àquilo que sonhei pra mim”, diz George.  A governadora em exercício, Margarete Coelho, também assistiu a exibição, assim como o poeta Salgado Maranhão, o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Cineas Santos, dentre outras personalidades e fãs da obra de Torquato.

Na oportunidade, foi lançado o livro “O Risco do Berro – Torquato neto, Morte e Loucura”, de Isis Rost. Além disso, foi aberta uma exposição com 166 caricaturas do poeta, sob o olhar de cartunistas do mundo inteiro. Alunos do CETI Raldi Bastos se apresentaram, com versos e música de Torquato.

O filme, uma produção da Imagem-Tempo, tem patrocínio da Riofilme e da Secretaria de Cultura do Estado do Piauí, e coprodução do Canal Brasil.

Gabinete: Avenida Marechal Castelo Branco, nº 201 - bairro Cabral - Teresina-Piauí
Telefone: (86) 3133-3169
marca rodape
© Todos os direitos reservados Fábio Novo 2014