Notícia

Fábio Novo entrega Casa de Odilon Nunes após reforma

Construída no final do século XIX, a Casa Odilon Nunes abriga parte do patrimônio histórico da cidade de Amarante e do Piauí. O casarão, que faz parte das casas da Secretaria Estadual de Cultura – Secult, ganhou reforma e modernização, e foi reaberto ao público nessa sexta-feira (30), durante solenidade que contou com a presença do governador do Estado, Wellington Dias, da vice-governadora Regina Sousa, do secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, entre outras autoridades.

67586378_2297686530344590_5689916641597456384_n

“É uma obra muito importante para a cidade. Gostaria de aproveitar esse momento para agradecer ao senhor João Claudino, que tem sido um grande parceiro da cultura piauiense. Através da nossa Lei de Incentivo Estadual à Cultura (Siec) conseguimos finalizar e entregar mais uma casa de cultura reformada. Temos 0,3% do ICMS do Estado. As empresas que apoiam a cultura, através do Siec, deduzem dos impostos repassados ao Estado o valor investido”, afirma o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.

Foram investidos cerca de R$ 383 mil na reforma e modernização. Entre os serviços executados, estão troca de telhado (madeira e telhas), recuperação das instalações elétricas e hidrossanitárias, instalação de ventiladores e ar-condicionados, restauração de piso, fachada, portas e janelas, paisagismo e instalação de extintores. Na entrada da Casa, um totem foi instalado, contendo um texto que conta um pouco a história do casarão.

dsc_2549

Além da reforma na parte física, a modernização inclui uma nova cenografia para a sala de exposições, que ganha novo mobiliário, valorizando o acervo existente na casa. Um dos espaços também vai homenagear o filho ilustre de Amarante, o poeta Da Costa e Silva. Seus poemas ganharão um lugar especial na Casa Odilon Nunes. Dessa forma, o visitante poderá fazer uma visita “guiada por poemas”.

69135335_2386761848097623_8759390426424672256_n

A biblioteca também ganhou mais livros, doados através de uma parceria entre a Secult e a Academia Piauiense de Letras – APL, e mesas de estudo. O auditório foi climatizado e ganhou cadeiras novas. O casarão também ganha uma copa, com fogão, geladeira, e outros itens, para atender as necessidades dos funcionários da Casa.

História

O casarão, tombado em 1985, possui uma arquitetura misteriosa, que passa por ruas, becos de Amarante e pelas margens do Rio Parnaíba. Ele foi construído em 1890, pelo capitão da Guarda Nacional, Gil José Nunes, pai do historiador Odilon Nunes, que nasceu na casa em 1889.

Em 1930, Odilon Nunes fundou no local o Ginásio Amarantino, que funcionou também em regime de internato. A edificação, que hoje abriga o Centro Cultural de Amarante, também possui espaço para realização de cursos e exposições.

Gabinete: Avenida Marechal Castelo Branco, nº 201 - bairro Cabral - Teresina-Piauí
Telefone: (86) 3133-3169
marca rodape
© Todos os direitos reservados Fábio Novo 2014